O Projeto Blue Book

pbb

O Projeto Blue Book (1952 – 1970) foi o terceiro estudo conduzido pela Força Aérea dos Estados Unidos – USAF, sediado na Base Aérea Wright-Patterson, a fim de investigar objetos voadores não identificados. Iniciado em 1952, foi totalmente encerrado em janeiro de 1970. Foi antecedido pelo Projeto Sign (1948) e pelo Projeto Grudge (1948 – 1952).

Edward J. Ruppelt

Edward J. Ruppelt

Para isso, foram recolhidos, analisados e arquivados milhares de notícias sobre OVNIs. Este foi o último projeto da USAF relacionado a extraterrestres de forma pública até agora. Segundo o capitão Edward J. Ruppelt, até meados de 1951, vários generais de alto posto muito influentes da USAF estavam tão descontentes com o estado das investigações sobre OVNIs da Força Aérea, que desmantelaram o Projeto Grudge e o substituíram pelo Projeto Livro Azul.

Por muitos anos os arquivos do Projeto Blue Book foram armazenados em microfilme, porém com a era da internet e a liberação dos documentos online, pesquisadores ao redor do mundo poderão analisar os resultados da maior investigação ufológica oficial já realizada nos Estados Unidos.

Durante a sua existência – até o final, em 1970 -, foram recolhidos cerca de 12.618 indícios. Ao final, concluiu-se que a maioria deles eram interpretações equivocadas de fenômenos naturais (nuvens, estrelas, etc) ou aviões convencionais. Muitos foram considerados fraudes. Ao todo, 701 casos – aproximadamente 6% – foram classificados como inexplicáveis.

As informações foram arquivadas e estão disponíveis sob a Lei de Liberdade de Informação, mas os nomes dos testemunhos e outras informações pessoais foram eliminados.

Os arquivos foram compilados por John Greenewald (dono do site TheBlackVault), um ufólogo e escritor de ficção científica, sendo que Greenewald demorou 17 anos para reunir e processar todos os dados. Em meados de Janeiro de 2015, Greenewald reuniu toda coleção digitalizada e publicou em um arquivo online. Até então, essa coleção somente poderia ser vista visitando-se os aquivos nacionais pessoalmente.

O objetivo era “dar ao público a maneira mais fácil possível de acessar essas informações” e, conforme Greenewald: “As pessoas estão saindo do nada para olhar para esta coisa e isso surpreende”.

Greenewald ainda disse que queria lançar a coleção para despertar o interesse do público em outros documentos relacionados com o UFO que, segundo ele, ainda não estão disponíveis ao público.

Vale lembrar, ainda, que o grande pioneiro da Ufologia Mundial, o astrofísico J. Allen Hynek, trabalhou para o Blue Book por muitos anos, antes de desligar-se ao constatar o esforço para acobertar os casos mais significativos.

Extras!

Consulte os documentos nos arquivos nacionais dos EUA: Clique Aqui.
Confira o The Black Vault: Clique Aqui.
Site oficial do Blue Book Project: Clique Aqui.

Segue abaixo a entrevista com um Ex-Agente da CIA que trabalhou no Projeto Blue Book, aconselho a assisti-los:

Bônus!

Dois outros estudos científicos que ocorreram no período do projeto Blue Book que merecem atenção:

1) Por um período de quatro dias em 1953, a Agência Central de Inteligência reuniu um painel de consultores científicos para analisar se os UFOs constituem uma ameaça à defesa nacional. Este painel incluído HP Robertson (presidente), Luis Alvarez, Lloyd Berkner, Samuel A. Goudsmit e Thornton Page; com Frederick C. Durant e J. Allen Hynek como membros associados. O painel concluiu que não havia “nenhuma evidência de que os fenômenos indicam a necessidade de revisão dos atuais conceitos científicos”, e que “as provas… Não mostram nenhum indício de que esses fenômenos constituem uma ameaça física direta à segurança nacional” (Jacobs, 1975).

2) O Battelle Memorial Institute, sob contrato com a Força Aérea de 1951 a 1954, conduziu o estudo 2. Foi principalmente uma análise estatística das condições e características dos relatos de OVNIs, embora também prestou serviços científicos e incluiu as transcrições de várias aparições notáveis. O relatório posterior foi inicialmente classificado, embora mais tarde lançado como “Blue Book Special Report No. 14” em 1955. Ele contém uma riqueza de informações e chega à conclusão de notável com o mais completo em dados e o melhor relatório, o mais provável era que o relatório não foi ainda identificado (Jacobs, 1975).

O Site da UFOlogia BR catalogou os arquivos do Projeto Blue Book! Você pode acessar os relatos logo abaixo, divididos por décadas:
Década de 40
Década de 50
Década de 60
Não datados

Ainda quer mais? Acesse a matéria do blog HangarUFO: Clique Aqui.

Fontes:
Wikipedia
UFOlogia BR
Revista UFO
HangarUFO
Editado por ‘Lekus’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s