As Crianças Fantasmas de San Antonio!

Na cidade de San Antonio, no estado do Texas (Estados Unidos – EUA) [Coordendas GPS: Latitude / Longitude: 29°25’9.50″N, 98°28’38.70″W], existe uma lenda, que segundo a história, conta-se que na década de 1930 ou 1940 um ônibus escolar cheio de crianças sofreu uma pane e parou sobre o cruzamento ferroviário, bem em cima dos trilhos do trem.
 
O motorista em vão tentou retirar o veículo do local e salvar as crianças, mas já era tarde, pois um trem que estava se aproximando não conseguiu frear e colidiu com o ônibus, sendo que como consequência todas as crianças a bordo morreram nessa tragédia.
 
A historia conta que as ruas que circundam os trilhos do trem naquela região foram nomeadas com os nomes das crianças que morreram no fatídico acidente.
 
Anos mais tarde uma família que passava pelo local também teve o seu carro avariado sobre os trilhos, o motorista do veículo em desespero tentava dar partida em seu carro, mas não conseguia. Então misteriosamente e sem explicação, o carro, mesmo desligado, começou a se movimentar, como se “alguém” ou “alguma coisa” o estivesse empurrando.
 
De forma impressionante o carro com a família saiu dos trilhos do trem, parando a uns 20 metros depois. O motorista assutado saiu para ver “quem ou o que” tinha empurrado seu carro e salvado sua família da morte mas não viu ninguém, porém observou que na parte traseira do carro existiam pequenas marcas de “dedinhos e mãozinhas”, como se “crianças” tivessem empurrado seu carro.
 
Depois desse fato, vários relatos de pessoas que pararam seu carro sobre os trilhos de trem naquele local, contam que aconteceu o mesmo fato: os carros, mesmo desligados foram empurrados para fora dos trilhos, e marcas de “mãozinhas e dedinhos” ficaram impressos na traseira dos veículos que foram empurrados.
 
Em consequência destes fatos, foi espalhada a “lenda”, a qual relata que se você dirigir naquele mesmo lugar onde o acidente ocorreu e parar o seu carro até 20 metros dos trilhos, desligar o motor e colocar em N (carros automáticos) ou no ponto morto (câmbios manuais), dentro de alguns segundos ou minutos, seu carro irá se movimentar, atravessar os trilhos e parar de repente.
 
E quando você sair do carro e olhar na traseira do mesmo, poderá notar a impressão de várias mãozinhas de crianças, aquelas que morreram e que agora ajudam os motoristas com problemas mecânicos a atravessar os trilhos com segurança para que jamais aconteça uma tragédia semelhante aquela.
 
Em Maio/2002, Maiquel Hartmann, sua esposa Amy e um casal de amigos, Andy e Debbie resolveram passar um final de semana em San Antonio e visitar as muitas atrações turísticas da cidade. O que estaria para acontecer com eles seria algo que mudaria suas vidas para sempre.
 
Quando estavam no mercado público da cidade, em meio dos estandes de bugigangas e quinquilharias, havia uma tenda com informações sobre as áreas assombradas de San Antonio, como o Opera House, Alamo, o cemitério municipal e é claro, o cruzamento ferroviário assombrado.Resolveram então aproveitar a visita em San Antonio e conhecer o famoso local tido como “assombrado”.
 
Depois de um rápido bate papo com o atendente, conseguiram orientação de um guia para chegar ao local. Já era noite e após se perderem por quase meia hora nas ruas estreitas e escuras da área, finalmente chegaram ao local. Se dirigiram então para lá e quando chegaram não tinham dúvidas de que aquele era o local certo.
 
O fenômeno havia se tornado uma atração turística digna do Alamo, e Seaworld em San Antonio. Havia uma fila de quase 20 carros, os quais se aglomeravam na rua, havendo inclusive um carro de policia patrulhando a área, pessoas vendendo talco de bebês, cachorro quente, bebidas, etc….
 
Ficaram então de certa forma desapontados, pois não esperavam que o local havia se tornado um circo de atrações. Isso quebrou bastante a morbilidade do local e do mistério que envolve a historia, mas já que estavam ali, resolveram continuar. 
 
O grupo então entrou na fila de carros. Para tirar as dúvidas, limparam bem a traseira do carro antes de passar o talco, visto que muitas pessoas acreditam que as impressões digitais que apareciam após o fenômeno, eram dos próprios donos dos veículos, e que só se tornavam evidentes quando na aplicação do talco, ou quando alguma poeira caía em cima do capô traseiro.
 
Essa é uma técnica que a policia utiliza quando procura por impressões digitais em alguma cena de crime. Passaram um pano úmido pelo carro, e em seguida secaram o local e aplicaram o talco. Depois disso entraram no carro e esperaram sua vez. Quando o carro da frente subitamente começou a se mover mesmo estando desligado, o fato surpreendeu o grupo, ainda mais sabendo que seriam os próximos a passar.
 
Debbie, que estava no banco da frente tinha uma câmera e quando pararam, tirou uma foto dos trilhos, fato que mais tarde surpreendeu a todos.
Quando chegou a vez do grupo passar, todos tremiam e queriam ir embora, pois o local era realmente assustador e podiam sentir um ar pesado, quase sufocante ali.
 
Quem dirigia o veículo era Andy, a qual parou o carro nos trilhos, desligou o motor, deixou o freio de mão solto e colocou o câmbio automático em “N”. Além disso as chaves do carro foram tiradas do contato. O grupo ficou no local em no mais absoluto silencio. Os segundo passavam, e todos estavam apreensivos.
 
Após alguns instantes no entanto, de repente começaram a ouvir o barulho do atrito dos pneus com as britas ( aquelas pedrinhas que ficam nos trilhos ) e com um tranco, começaram inexplicavelmente a se movimentar. Maiquel estava pálido, suando sem parar, quase com náusea, quando o carro cruzou os trilhos, pegou ainda mais velocidade e pararam a uns 20 metros a frente, e assim como começou, com um tranco ele parou.
 
Era o fim da jornada paranormal. Na volta para o hotel, todos do grupo refletiram sobre o evento, sendo que na excitação se esqueceram de parar o carro e olhar a traseira do mesmo. Todos tentavam chegar a uma conclusão plausível para o que havia acontecido, mas não havia nenhuma
 
Realmente acontecera, como num passe de mágica, o carro com todos dentro se moveu por quase 30 metros, e com o motor desligado, subiram e desceram os trilhos sem qualquer força motora conhecida. De repente Debbie se lembrou de que não haviam checado a traseira do carro. Pararam ali mesmo na rua a caminho do hotel.
 
Saíram todos do carro e foram olhar a traseira do veículo, a qual estava impregnada com talco. Todos olharam mas não acreditavam no que viramDefinitivamente eram mãos pequenas que estavam marcadas na traseira do carro, provando que tudo aconteceu da mesma forma como dizia a lenda. Ficou provado então que a “Lenda” se fez um “Fato Verídico“, mostrando que o sobrenatural está presente em nosso mundo. 
 
 
Baseando-se nos fatos sobrenaturais ocorridos em San Antonio, Texas, em 2006 foi gravado o filme “Fingerprints” (Almas Condenadas – em português):
Sinopse:
Melanie (Leah Pipes), acaba de sair de um tratamento de reabilitação após uma overdose em que quase morreu como seu namorado. Ela retorna à sua pequena cidade natal no Texas para ficar com a família.
Mas, seus novos amigos a levam a testar uma lenda urbana que vai deixá-la ainda mais perturbada assim como uma seqüência de assassinatos que passam a ocorrer misteriosamente.
Os fantasmas deste horrível desastre clamam por Melanie para revelar a terrível verdade oculta entre o passado e o presente.
 
Fontes:
AlémDaImaginação
MiniLua

Um comentário sobre “As Crianças Fantasmas de San Antonio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s